terça-feira, 14 de junho de 2011

Festa junina...Como não engordar?

Nutricionista dá dicas de como aproveitar os festejos e manter o peso em dia
Falar em festa junina já nos remete às bandeirinhas, fogueira, quadrilha, mas um dos pontos altos são as barraquinhas recheadas de guloseimas. A variedade é imensa, com pipoca, cachorro quente, pé-de-moleque, maçã do amor, paçoca, pamonha, canjica, arroz doce, quentão. A boca se enche d’água, mas aqueles que estão preocupados com a forma ficam no dilema de resistir ou não a tanta tentação.
Mas há saída para aproveitar as comidinhas típicas sem o peso na consciência. A nutricionista Priscilla Baracat explica que quem vai fazer as próprias delícias tem como recurso substituir alguns ingredientes. O leite integral, por exemplo, pode dar lugar ao desnatado, e para adoçar o açúcar magro ou adoçante culinário são boas saídas. Já o creme de leite diet é um substituto para o tradicional, riquíssimo em gordura, ou ainda utilizar maisena para dar a cremosidade ao prato. “Isso com certeza reduz muitas calorias dos pratos.”
Festa Junina
E ressalta: é importante tomar cuidado com as armadilhas das festas juninas. O milho cozido, por exemplo, é fonte de vitamina A, fibras e ainda tem poucas calorias, em torno de 100. Mas se for consumido com manteiga ou maionese esse número mais que dobra. E também não se deve exagerar nas quantidades de sal, que faz muito mal à saúde, principalmente do hipertenso. “Um cachorro quente simples, somente com o pão e a salsicha, tem 260 calorias. Já um completo com milho, ervilha, maionese, ketchup, mostarda, batata palha e queijo sobe para 575. É preciso avaliar se realmente vale a pena consumir tantas calorias de uma vez, porque para queimar tudo isso depois serão horas e horas de exercícios.”
Para Priscilla, o fato dos festejos acontecerem no final do outono e começo do inverno leva as pessoas a comerem ainda mais. Até porque o gasto calórico para manter o organismo aquecido é maior. “Mas isso não justifica comer em excesso ou alimentos ricos em açúcar ou gordura, o que não é nada saudável. As guloseimas com quantidades maiores de calorias devem ser saboreadas em porções menores, sem culpa”.
Confira as calorias presentes em cada prato:
Curau: 1 pote de sobremesa raso (150g) tem 208 kcal;
Pé de moleque: 1 unidade pequena (12,5g) tem 60 kcal;
Batata doce: repleta de fibras. Quando consumida com a casca (assada inteira ou cortada em formato de fritas), apresenta cerca de 100 calorias em 1 unidade;
Pipoca: Uma xícara de pipoca pronta, sem gordura, tem em média 100 calorias com 1g de gorduras.
Pipoca com manteiga: Com uma colher (sobremesa) de manteiga sobe para 167 calorias com 9g de gorduras;
Pinhão: 1 porção de 5 unidades tem 100 kcal;
Arroz doce: 1 pote de sobremesa raso de 150g tem 250 kcal;
Bolo de fubá: 1 pedaço médio de 70g tem 215 kcal;
Cuscuz: 1 pedaço médio (135g) tem 260 Kcal;
Cachorro quente simples: pequeno (pão e a salsicha) tem 260 kcal;
Cachorro quente completo: (com molho, milho, ervilha, maionese, ketchup, mostarda, queijo ralado e batata palha) tem 575 kcal;
Tapioca: 1 tapioca de aproximadamente 80 g (do tamanho de uma frigideira pequena) com 50 g de queijo tem 467 kcal;
Tapioca doce: Com aproximadamente 80 g e com 1 colher de sopa média de doce de leite (25 g) tem 372 kcal;
Milho: 1 espiga média de milho cozido (100g) tem 110 kcal;
Milho com manteiga: Com 1 colher (sopa) de manteiga de 15g tem 225 kcal.
Fonte: Raquel Cotta
Assessora de Imprensa
da equipe Destak Comunicação
(61)  33458906 / 81030163
@Destakinform


Achei neste site: http://www.comerbembarato.com/festa-junina-com-calorias-a-menos.html#

lá ainda tem dicas de lugares onde comer barato em Brasília ou seja missão impossivel

Nenhum comentário:

Postar um comentário