segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Ano Novo ...recomeço

Olá queridos e abandonados leitores...sim ...esteou sem tempo e sem animo para postar no blog , mas não poderia deixar de passar por aqui e desejar um ano repleto de realizações a todos vocês...
Beijos Val

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Cheirinho Bom!!!!!!!!!!!!

Lance perfumes Nada melhor do que um aroma para reacender memórias agradáveis. Saiba que fragrância vai bem com cada ambiente

Maria Júlia Lledó - Correio Braziliense
Publicação: 04/07/2011 12:17 Atualização: 04/07/2011 12:34
Não há quem faça cara feia para um cheirinho de lavanda no colo da mãe ou para o cheiro de cozinha após a faxina ou de roupa secando no varal. Cada uma dessas situações traz à memória perfumes que fazemos questão de recordar. Por isso, os aromas da nossa casa têm importância e ganham, a cada lançamento do mercado, novos aliados. São eles: difusores, velas, aromatizadores ou mesmo receitas caseiras.

Para a empresária e especialista no ramo Monica Mendes, perfumar a casa é como provê-la de personalidade. “A aromatização de cada ambiente do lar merece uma atenciosa elaboração. Os aromas conversam com você. Eles têm um significado.” Dentre alguns exemplos, ela cita a lavanda: excelente para dormitórios, pois cria um ambiente relaxante. Já o buquê floral de Muguet combina com pessoas românticas e sensuais. “O importante é saber qual a sua intenção no momento de perfumar a casa. Só assim poderá fazer a escolha certa,” reforça.

A demanda por aromatizadores também foi constatada pela arquiteta Maria do Carmo Araujorge, que, ao projetar um ambiente, sugere aos clientes perfumes adequados para cada espaço. “Usamos em banheiros, na sala e no próprio quarto se a pessoa não tiver alergia. A importância é criar uma identidade olfativa”, diz Maria do Carmo, que já usa aromatizadores em mostras de arquitetura há pelo menos cinco anos.

Lavanda, bergamota e uma série de outros cheiros agradáveis ao olfato podem dificultar a escolha quanto ao aromatizador. Os mais populares nesse hall são o alecrim e a lavanda provençal. A aposta é das empresárias Viviane Feijão e Camila Vinagre. A empresa em que trabalham ainda proporciona aromas variados para grandes eventos e festas. “Cheirinho gostoso sempre vai nos trazer a sensação de conforto e bem-estar. É como ‘música’ para nosso olfato”, arremata Viviane.

Difusor de Mandarim, da Drops of Joy e diifusor de Frutas Vermelhas, da L'Occitane
Difusor de Mandarim, da Drops of Joy e diifusor de Frutas Vermelhas, da L'Occitane


Aromatizador de lavanda, da Avatin e difusor de Baunilha, de O Boticário
Aromatizador de lavanda, da Avatin e difusor de Baunilha, de O Boticário


Um aroma para cada cômodo
Segundo a aromaterapeuta Mayra Castro, óleos essenciais puros ou resinas e ervas puras queimadas em forma de incenso trazem os benefícios que os princípios ativos desses aromas contêm. Como costumam ser mais caros, os aromas sintéticos saem na frente no mercado. Eles podem não trazer os princípios ativos dos naturais, mas proporcionam o mesmo prazer olfativo. “São perfumes que podem despertar sensações e lembranças através de gatilhos olfativos interpretados pelo sistema límbico em nosso cérebro”, explica. Na hora de escolher entre tantos aromas, Mayra indica quais perfumes combinam com cada ambiente da casa: da sala de estar ao quarto do casal. Confira:

- Sala íntima: óleos essenciais de lavanda, capim-limão, bergamota, petitgrain de laranja ou manjerona.

- Sala de estar: óleos essenciais de laranja, mandarina, cravo-da-índia, pimenta-rosa, pimenta-negra, gengibre, canela-da-China, manjericão ou noz-moscada.

- Sala para estudos ou leitura: óleos essenciais alecrim-do-campo quimiotipo canforado, limão ou tomilho.

- Quarto do casal:
Para dormir: óleos essenciais de lavanda, bergamota, laranja, capim-limão, camomila-romana ou pau-rosa.
Para uma noite de amor: óleos essenciais de ylang ylang, patchuli, jasmim, rosa, gerânio, tribulus, cedros, néroli, sândalo, lírio, íris, frangipani ou palmarosa.
Para aliviar a congestão nasal: óleos essenciais de hortelã-do-campo, eucalipto glóbulus, eucalipto radiata, abeto siberiano, espruce canadense ou cipreste.

- Quarto de criança: óleos essenciais de lavanda, camomila-romana ou laranja-pêra.

- Cozinha
Para estimular o apetite: óleos essenciais de manjericão, orégano, tomilho, sálvia, cravo-da-índia, canela, pimenta-rosa, pimenta-negra, cominho, turmérico, erva-doce, anis-estrelado ou noz-moscada.

- Banheiro
Para ficar com cheiro de limpeza: óleos essenciais de alecrim-do-campo, hortelã-verde, eucalipto citriodora, citronela, pinheiro silvestre, cipreste, tea tree ou limão.
Para disfarçar o cheiro de limpeza: óleos essenciais de laranja ou cravo-da-índia

- Escritórios e ambientes de trabalho
Para estimular: óleos essenciais de limão, cipreste, abeto, hortelã-pimenta, eucalipto radiata ou gerânio.
Para aliviar o estresse: óleos essenciais de capim-limão, bergamota, laranja, mandrina, tangerina, erva-doce, funcho, alcarávia, anis-estrelado, lavanda ou pau-rosa.

Receita caseira
Como perfumar a casa sem usar velas aromáticas
Passo 1: Numa panela pequena, leve um pouco de água para ferver em fogo brando.
Passo 2: Adicione à água pedaços de canela em pau (ou pitadas de canela em pó). Se gostar, adicione também cravos-da-índia e cascas de limão, laranja ou maçã.
Passo 3: Deixe ferver pelo tempo que desejar, tendo o cuidado de completar a água da panela.

Fonte: Como pregar um botão, de Erin Bried, Ed. Civilização Brasileira, 2011)

Cores fortes podem imprimir harmonia aos ambientes - Lugar Certo

Cores fortes podem imprimir harmonia aos ambientes - Lugar Certo

terça-feira, 14 de junho de 2011

Festa junina...Como não engordar?

Nutricionista dá dicas de como aproveitar os festejos e manter o peso em dia
Falar em festa junina já nos remete às bandeirinhas, fogueira, quadrilha, mas um dos pontos altos são as barraquinhas recheadas de guloseimas. A variedade é imensa, com pipoca, cachorro quente, pé-de-moleque, maçã do amor, paçoca, pamonha, canjica, arroz doce, quentão. A boca se enche d’água, mas aqueles que estão preocupados com a forma ficam no dilema de resistir ou não a tanta tentação.
Mas há saída para aproveitar as comidinhas típicas sem o peso na consciência. A nutricionista Priscilla Baracat explica que quem vai fazer as próprias delícias tem como recurso substituir alguns ingredientes. O leite integral, por exemplo, pode dar lugar ao desnatado, e para adoçar o açúcar magro ou adoçante culinário são boas saídas. Já o creme de leite diet é um substituto para o tradicional, riquíssimo em gordura, ou ainda utilizar maisena para dar a cremosidade ao prato. “Isso com certeza reduz muitas calorias dos pratos.”
Festa Junina
E ressalta: é importante tomar cuidado com as armadilhas das festas juninas. O milho cozido, por exemplo, é fonte de vitamina A, fibras e ainda tem poucas calorias, em torno de 100. Mas se for consumido com manteiga ou maionese esse número mais que dobra. E também não se deve exagerar nas quantidades de sal, que faz muito mal à saúde, principalmente do hipertenso. “Um cachorro quente simples, somente com o pão e a salsicha, tem 260 calorias. Já um completo com milho, ervilha, maionese, ketchup, mostarda, batata palha e queijo sobe para 575. É preciso avaliar se realmente vale a pena consumir tantas calorias de uma vez, porque para queimar tudo isso depois serão horas e horas de exercícios.”
Para Priscilla, o fato dos festejos acontecerem no final do outono e começo do inverno leva as pessoas a comerem ainda mais. Até porque o gasto calórico para manter o organismo aquecido é maior. “Mas isso não justifica comer em excesso ou alimentos ricos em açúcar ou gordura, o que não é nada saudável. As guloseimas com quantidades maiores de calorias devem ser saboreadas em porções menores, sem culpa”.
Confira as calorias presentes em cada prato:
Curau: 1 pote de sobremesa raso (150g) tem 208 kcal;
Pé de moleque: 1 unidade pequena (12,5g) tem 60 kcal;
Batata doce: repleta de fibras. Quando consumida com a casca (assada inteira ou cortada em formato de fritas), apresenta cerca de 100 calorias em 1 unidade;
Pipoca: Uma xícara de pipoca pronta, sem gordura, tem em média 100 calorias com 1g de gorduras.
Pipoca com manteiga: Com uma colher (sobremesa) de manteiga sobe para 167 calorias com 9g de gorduras;
Pinhão: 1 porção de 5 unidades tem 100 kcal;
Arroz doce: 1 pote de sobremesa raso de 150g tem 250 kcal;
Bolo de fubá: 1 pedaço médio de 70g tem 215 kcal;
Cuscuz: 1 pedaço médio (135g) tem 260 Kcal;
Cachorro quente simples: pequeno (pão e a salsicha) tem 260 kcal;
Cachorro quente completo: (com molho, milho, ervilha, maionese, ketchup, mostarda, queijo ralado e batata palha) tem 575 kcal;
Tapioca: 1 tapioca de aproximadamente 80 g (do tamanho de uma frigideira pequena) com 50 g de queijo tem 467 kcal;
Tapioca doce: Com aproximadamente 80 g e com 1 colher de sopa média de doce de leite (25 g) tem 372 kcal;
Milho: 1 espiga média de milho cozido (100g) tem 110 kcal;
Milho com manteiga: Com 1 colher (sopa) de manteiga de 15g tem 225 kcal.
Fonte: Raquel Cotta
Assessora de Imprensa
da equipe Destak Comunicação
(61)  33458906 / 81030163
@Destakinform


Achei neste site: http://www.comerbembarato.com/festa-junina-com-calorias-a-menos.html#

lá ainda tem dicas de lugares onde comer barato em Brasília ou seja missão impossivel